sexta-feira, 31 de outubro de 2014

1º Festival de Harmónicas na Charneca de Caparica

1º Festival de Harmónicas na Charneca de Caparica (2)
Mais algumas fotos do evento realizado a 26 Outubro 2014

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Marchas de Lisboa

Marchas de Lisboa - 1988
Em 1988, Hermenegildo Mendes foi convidado para escrever duas ou três marchas, que a cantora Alexandra Cruz iria gravar, sendo na altura solicitada a colaboração do Quinteto Harmonia para a base musical. Assim se fez, aceite o desafio, e escritas as letras e as músicas para as referidas marchas, foi a vez do maestro Siegfried Sugg proceder aos arranjos musicais, e... ir para estúdio. Das três marchas escritas então pelo autor destas linhas, uma acabaria por ganhar o concurso para a Grande Marcha de Lisboa desse ano.

musi
 
 
 

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Manos Alexandres

Manos Alexandres - Portugal (7)
Século Ilustrado 25 Setembro 1965

 
 


Diário de Notícias magazine 28 Dezembro 1986
 



terça-feira, 28 de outubro de 2014

1º Festival de Harmónicas na Charneca de Caparica

 1º Festival de Harmónicas na Charneca de Caparica (1)
Realizou-se no passado Domingo, dia 26 de Outubro, o 1º Festival de Harmónicas na Charneca de Caparica, organizado pela Casa do Benfica na Charneca de Caparica, e contando com o apoio da Junta das Freguesias Charneca de Caparica e Sobreda. Foi um encontro muito interessante e bem organizado, de convívio e divulgação da harmónica. Os nossos parabéns e agradecimentos, aqueles que o proporcionaram , principalmente à impulsionadora e verdadeira "mola" do evento: - a nossa boa amiga Filomena Silva. Estiveram presentes, além de diversos executantes individuais, os grupos: Grupo Harmónicas da Baía do Seixal, Orquestra Harmónicas  Ponte de Sôr, HARMONIA - Conjunto Português de Harmónicas, e o grupo anfitrião Grupo Harmónicas  Casa do Benfica. A assistir, numa sala repleta, o poeta/fotógrafo, escritor e profundo conhecedor da história local, Vicktor Reis, que numa breve intervenção, falou da harmónica não só como instrumento musical, mas também como aglutinador de culturas, vivências e convivências, a nível local. Ficamos a aguardar o próximo encontro.
Grupo Harmónicas Casa do Benfica
HARMONIA e Vicktor Reis
Grupo Harmónicas Baía do Seixal
Todos os harmonicistas em final de festa.