segunda-feira, 16 de maio de 2016

Mauricio Einhorn - Viva Mauricio

Viva Mauricio Einhorn
Colaborando com os nossos amigos harmonicistas brasileiros, e depois de em 8 de Abril, aqui ter publicitado este projecto, eis mais uma "forcinha".
Gostaria de divulgar um lindo projeto que estou participando e será um marco para a harmônica brasileira, são 27 gaitistas gravando releituras das músicas de Mauricio Einhorn, o resultado será 1 CD duplo incrível.
Peço atenção e o apoio de todos que gostam de música e ARTE, escolhendo algum dos valores para participar do projeto e assim receber recompensas respectiva ao seu apoio.
O link esta abaixo, colabore, compartilha, divulgue...Viva Música! Viva Maurício Einhorn!

Homenagem ao músico Maurício Einhorn, com a gravação de um cd duplo com releituras de suas músicas feitas por 27 gaitistas de todo Brasil.
BENFEITORIA.COM

VIVA MAURÍCIO EINHORN

Homenagem ao músico Maurício Einhorn, com a gravação de um cd duplo com releituras de suas músicas feitas por 27 gaitistas de todo Brasil.

Vida longa a Maurício Einhorn!
A música é perene. Por isso mesmo, a história do artista não se perde com o tempo. A cada nova audição, novas descobertas, renovação, reinvenção. Mais de 70 anos de carreira, protagonista da Bossa Nova, da Música Popular Brasileira e referência no cenário mundial da gaita, Maurício Einhorn recebe agora essa justa homenagem à sua obra.
Com apoio dos amigos, fãs, músicos e amantes da música instrumental e de qualidade, o projeto "Viva Maurício Einhorn" irá registrar em CD 27 músicas do gaitista e compositor. É uma retribuição, um muito obrigado ao artista por seu notável trabalho em prol de nossa música. Como intérpretes, os mais expressivos nomes da harmônica brasileira da atualidade.
Os colaboradores do projeto terão como recompensa não só a satisfação de ajudar a viabilizar este registro histórico, mas também terão como recompensas CDs dos intérpretes, gaitas, camisetas do projeto, chaveiros, aulas de gaita e naturalmente, o próprio CD do projeto.
(Algumas das recompensas: chaveiro e cd de 3 dos gaitistas envolvidos)
(Algumas das recompensas: chaveiro e cd de 3 dos gaitistas envolvidos)
O projeto reúne 27 gaitistas de todo o Brasil. Cada um fará a própria leitura das composições de Maurício Einhorn, hoje com 83 anos e em plena atividade. Cada interpretação, com certeza, trará vida nova à obra do mestre, para eternizar este importante acervo da música brasileira e universal.
Quem contribuir torna-se financiador do álbum juntamente dos gaitistas que investiram cada um na gravação de sua faixa. Os recursos arrecadados nesta campanha serão investidos, exclusivamente, na produção musical e executiva, mixagem, masterização, prensagem, arte gráfica e lançamento e distribuição do CD.
Ganha a música esse inédito e importante registro, ganhamos todos nós. Viva Maurício Einhorn!
Gaitistas envolvidos no Projeto
Alex Rossi (SC)
Bene Chireia (PR)
José Staneck (RJ)
 Julio Rego (Se)
 Pablo Fagundes (DF)
 Guta Menezes (RJ),
Otavio Castro (RJ)
Flavio Guimarães (RJ)
Rodrigo Eisinger (SP)
Jefferson Gonçalves (RJ)
Leonardo dos Santos (PR)
Vitor Lopes (SP)
Rildo Hora (RJ)
Gabriel Grossi (DF)
 Jehovah da Gaita (Pe)
Marcelo Batista (BH)
Leonardo Mendes (RJ),
Paulo Prot (ES)
Natanael Pereira (Ce)
Rafael Alabarce (DF)
Rodrigo Eberienos (RJ)
Diego Sales (SP)
Lucas Cirillo (SP)
Edson Tadeu (SP)
Omar Izar (SP)
Clayber de Souza (SP)
Thiago Cerveira (SP)
Sobre Maurício Einhorn 
EwvBwOj.jpgUnanimidade como maior gaitista brasileiro, Einhorn é também um dos maiores do mundo, tendo tocado com Sarah Vaughan, Nina Simone, Herbie Mann e outros grandes nomes.                                    
Com presença marcante no movimento bossa nova, compôs "Batida Diferente", além de "Tristeza de nós dois", “Estamos aí" e "Alvorada".
 Formou com Hélio Delmiro e o baixista Arismar do Espírito Santo um trio dos mais requisitados nas noites cariocas e teve músicas gravadas no Brasil e no exterior por Tom Jobim, Leny Andrade, Herbie Mann, Paquito d'Rivera, David Fathead, Newman, Litto Nebbin e Cannonball Adderley, entre outros.
Entre seus parceiros, destacam-se Johnny Alf, Eumir Deodato, Sebastião Tapajós, Durval Ferreira, Arnaldo Costa, Alberto Arantes, Bebeto, Marco Versiani, Alberto Chimeli, José de Alencar Schettini e outros.
No último espetáculo de Bobby McFerrin no Canecão, ao ser reconhecido na platéia Maurício foi imediatamente convidado para uma canja, onde tocou junto com Bobby "Summertime" e um blues improvisado. Dois dias depois, quando se apresentava no People, Bobby acompanhado do trompetista Chuck Mangione retribuíram a canja do Canecão tocando ao lado de Maurício, num encontro considerado memorável.
Mauricio Einhorn é desses artistas considerados como patrimônio da cultura musical brasileira. Com muita técnica e sensibilidade, é respeitado e querido em todo o mundo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário